Notícias e Artigos

Onde investir o dinheiro da restituição do Imposto de Renda

DATA: 20/06/2017

Recebeu seu pagamento e quer saber como fazer sua restituição render? Confira dicas do que fazer com o dinheiro

A Receita liberou nesta sexta-feira (16) o pagamento da restituição do 1º lote do Imposto de Renda 2017. Recebeu o seu pagamento e quer saber como fazer o seu dinheiro render?

Se você tem dívidas, quitá-las deve ser sua prioridade. O rendimento de nenhum investimento vai ser mais alto do que a taxa de juros da dívida, como explica a economista-chefe do SPC Brasil, Marcela Kawauti.

Comece pelas dívidas de serviços como água e gás, que podem ser cortados por falta de pagamento. Depois, é a vez de quitar os empréstimos com as maiores taxas de juros, como crédito para negativado, crédito rotativo e cheque especial.

“Como você vai ter o dinheiro da restituição na mão, tente negociar um desconto à vista para pagar as dívidas”, ensina Marcela.

Reserva de emergência

Se você não tem dívidas, mas está no zero a zero e não tem nenhum dinheiro guardado, use pelo menos uma parte da restituição do Imposto de Renda para começar a formar uma reserva de emergência.

“O período é de muita incerteza na economia. É melhor não gastar o dinheiro da restituição sem pensar muito bem no assunto”, orienta Marcela.

O ideal é guardar um valor equivalente a entre três e seis meses de renda, mas não se paralise por isso. “Esse é o ponto ideal onde você deve chegar, não o ponto de saída. A restituição é um bom momento para começar a andar nessa direção”, esclarece a educadora financeira Cássia D´Aquino.

Os melhores investimentos para manter esse dinheiro são aqueles que oferecem liquidez, ou seja, permitem resgatar o dinheiro em qualquer momento que você precisar. Para isso, a melhor opção são títulos do Tesouro Direto que acompanham a Selic,a taxa básica de juros da economia.

Outras opções boas para quem está começando a investir e não tem tanto dinheiro são os fundos de renda fixa e os CDBs. O problema desses investimentos é que eles não são tão democráticos e oferecem melhores taxas de retorno para quem tem mais dinheiro.

 

Aposentadoria

Se você não tem dívidas e já tem um dinheiro guardado para emergências, pode usar a restituição do Imposto de Renda para começar a juntar dinheiro para a aposentadoria. Nesse caso, há dois investimentos mais indicados: títulos do Tesouro Direto que acompanham a inflação, medida pelo IPCA, ou previdência privada.

O Tesouro Direto pode oferecer retornos maiores, porque o gestor do fundo da previdência cobra uma taxa de administração, que pode ser alta. No entanto, o Tesouro Direto exige mais disposição do investidor para aprender a investir, apesar de não ser difícil.

Lembre que o dinheiro da restituição do Imposto de Renda pode ser só um aporte inicial para a aposentadoria, mas o mais importante é fazer um planejamento para investir um pouco todo mês.

Sonhos

Se você não tem dívidas e já se organizou para ter uma reserva de emergência e guardar dinheiro para a aposentadoria, pode usar a restituição do Imposto de Renda para realizar um sonho. Pode ser realizar uma viagem nas próximas férias de verão, casar daqui um ano ou fazer uma pós-graduação em três anos.

É importante primeiro definir o seu objetivo financeiro e o prazo para realizá-lo. Só então será possível escolher o investimento mais adequado – ou até mais de um.

Veja maisVeja mais